processos de criação e produção - paz design + cerÂmica

A continuação, parte do nosso processo de trabalho das coleções permanentes

PROCESSO

CRIATIVO

Etapa de criação e modelagem do protótipo

IDEIA + ESTUDO

1

DESENHO

A MÃO

2

PROTOTIPO EM ARGILA

3

TESTE

4

1

IDEIA + ESTUDO

Etapa de observação e idealização

Estudo das formas e relação dos objetos com o corpo humano

Definição da funcionalidade do novo objeto e conceitos a transmitir

2

DESENHO A MÃO

Realização de variados desenhos levando as ideias ao papel

Primeira aproximação e concretização da ideia 

Definição de medidas e proporções

1

3

PROTÓTIPO EM ARGILA

<3 Hora de por as mãos na massa!

Etapa de concentração, paciência e detalhe para que o protótipo se aproxime das medidas corretas, proporções e aparência desejada. Um processo que curto muito, momento de disfrutar.

Nessa etapa, dependendo do prototipo, misturo técnicas como torno e modelagem a mão. Normalmente começo trabalhando só com as mãos e depois utilizo ferramentas específicas para fazer os acabamentos, escavando os objetos para que fiquem com a aparência desejada.

Os protótipos normalmente vão para o forno para depois poder realizar os moldes para produção com barbotina.

Cada etapa tem a sua importância, todos os processos são 100% feitos a mão

Video que mostra a modelação do protótipo da jarra da Coleção Agua

Video que mostra a modelação do protótipo da Girafa que fizemos para a loja FARM

4

TESTE

Etapa de teste onde a peça sai do forno e é momento de avaliar a sua integração na produção permanente.

Se a peça for aprovada, passamos a etapa da produção!

PROCESSO

PRODUTIVO

Para a realização de protótipos, testes, encomendas e produções pequenas eu trabalho no meu atelier. Para as produções maiores, trabalho em parceria com a Cassiana de uma fábrica de porcelanas familiar que fica em Campo Largo, chamada Bordignon.

Em qualquer dos dois casos temos processos manuais bem rigorosos para a produção que descrevo a continuação.

PROCESSO PRÉVIO  A PRODUÇÃO

CRIAÇÃO PALETA  DE CORES 

Para chegar nas cores com que eu trabalho, fiz varios testes misturando a porcelana liquida com pigmentos de diferentes cores e proporções. Dessa maneira definimos uma paleta de cores própria.

FABRICAÇÃO 

DE MOLDES

Na reprodução das minhas peças, trabalho com barbotina, que é a cerâmica em estado líquido. Para isso preciso fabricar moldes de gesso que ajudarão na produção em serie das peças

ETAPAS DA PRODUÇÃO

PREPARAÇÃO

DA BARBOTINA

1

TRABALHO COM MOLDES

2

3

ACABAMENTO

QUEIMA BISCOITO

4

ESMALTAÇÃO

5

QUEIMA FINAL

6

1

PREPARAÇÃO DA BARBOTINA

No caso da porcelana colorida é necessário misturar a barbotina (porcelana líquida) com os pigmentos segundo a tabela de proporção prévia.

Também devemos verificar a densidade correta da mistura da porcelana.

Sempre aproveitamos as sobras dos moldes para preparar mais barbotina.

2

TRABALHO COM MOLDES E BARBOTINA

Nessa etapa colocamos a porcelana líquida dentro dos moldes de gesso. A função do gesso é absorver a água da barbotina e criar capas sólidas em volta do molde. Quanto mais tempo deixar, maior será a espessura da nossa peça. 

Logo que tivermos a espessura desejada, vertemos o conteúdo e deixamos os moldes virados para baixo.

Deixamos secar antes de desmoldar para que a peca nao entorte nem rache.

Nos videos: 1. colocando barbotina dentro dos moldes 2. vertendo o restante da barbotina para deixar secar 3. desmolde das pecas já secas. Vídeos feitos na fábrica Bordignon, a nossa parceira de produção maior. Como se pode ver, tudo é feito a mão e com processos bem metódicos e delicados.

Cerâmicas secando antes de ir para etapa de acabamento com esponja

Trabalho no atelier Paz, fazendo produção de peças de xadrez, dispensadores da Coleção OLIVA e copos da Coleção ÁGUA.

3

ACABAMENTO

Logo que as peças saem dos moldes vem a etapa de acabamento, realizada a mão com ferramentas de cerâmica e, principalmente, com esponja e água. Essa etapa pode ser realizada tanto para peças com barbotina quanto para modelos em argila. Essa etapa é uma das mais importantes, que entregam o toque e a delicadeza final nas peças.

Acabamento do vaso RAIZ

Acabamento do copo da Coleção ÁGUA, com esponja úmida

Acabamento das peças de xadrez e dispensadores OLIVA, com esponja úmida. Peças prontas para secar antes de entrar no forno

4

PRIMEIRA QUEIMA - BAIXA TEMPERATURA

Quando as peças já estão acabadas e completamente secas, entram no forno para a primeira queima de biscoito. A ideia é que a peça fique resistente e ao mesmo tempo porosa para receber o esmalte antes da queima final.

Quanto mais alta a temperatura da queima, menos poroso e mais resistente fica a cerâmica.

5

ESMALTAÇÃO

Existem varios tipos de esmalte. No caso da nossa produção, trabalhamos com esmalte transparente aplicado no interior das peças, deixando elas sem esmalte por fora com a ideia de criar contraste entre o brilho e o fosco e ao mesmo tempo deixar o material mais natural por fora para efeito de toque.

6

SEGUNDA QUEIMA - ALTA TEMPERATURA

Etapa final, onde as peças vão ao forno a 1.300 graus. O esmalte vitrifica junto com a peça e os poros fecham. As vantagens de uma cerâmica queimada em alta temperatura são: peças mais resistentes, menos porosas, fáceis de limpar, higiênicas e que conservam a temperatura do líquido no caso dos copos por exemplo. 

Todo o nosso processo de trabalho é criado, planejado e executado com muito carinho e cuidado.

Tudo é feito a mão com muito amor <3

ATENDIMENTO 

Whatsapp: +55 (21) 99911 6262 + Seg à Sex - 9h às 17h  |   e-mail: maripaz.yachan@gmail.com

Endereço Loja - Atelier: Rua Fernandes Guimarães 53, Loja A, Botafogo. Rio de Janeiro - RJ. CEP: 22290-160

Siga-nos no Instagram!

  • Instagram